Confiança do comércio avança após cinco quedas seguidas

Após cinco quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas avançou 0,4% entre março e abril de 2015, passando de 92,0 para 92,4 pontos, e mantendo a tendência negativa.

O comportamento do índice em abril foi determinado pela evolução favorável das expectativas. O Índice de Expecativas (IE-COM) avançou 1,9%, atingindo 117,3 pontos, “sob influência, principalmente, da melhora do indicador que mede o otimismo com as vendas nos três meses seguintes, que avançou 2,6% em relação ao mês anterior”.

No entanto, o indicador que mede o ímpeto de contratações pelo setor recuou em abril pelo quinto mês consecutivo, em 2,5%, atingindo 91,4 pontos, o menor valor da série histórica.

“A discreta alta do ICOM em abril foi determinada pela melhora das expectativas em relação à evolução dos negócios nos meses seguintes. A diminuição do pessimismo foi, no entanto, insuficiente para alterar a tendência do Indicador que mede a intenção de contratações pelo setor, que continua em queda e sinalizando diminuição de ofertas de emprego”, afirma Aloisio Campelo Jr., Superintendente Adjunto para Ciclos Econômicos da FGV/IBRE, em nota.

Fonte: Portal G1

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *