Confiança do setor de serviços cai e é a menor da série da FGV

O mês de novembro é de pouco otimismo para os setores de comércio e de serviços no país. Segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV), a confiança dos serviços recuou 2,1% na comparação com outubro, e atingiu o menor nível da série histórica da entidade, iniciada em junho de 2008. Foi a décima queda do indicador no ano – apenas em outubro houve alta.

Houve queda também na confiança do comércio: o indicador da FGV recuou 1% na passagem de outubro para novembro, para o segundo menor patamar da série, iniciada em março de 2010.

Serviços
No caso dos serviços, houve piora tanto na avaliação sobre a situação atual quanto nas expectativas para os próximos meses. A avaliação do momento presente teve queda de 3,8%, renovando, pelo terceiro mês, o menor patamar do indicador. Já o índice de expectativas, que tinha subido 4,4% em outubro, recuou 1,1%.

Comércio
Nos serviços, houve melhora na percepção da situação atual pelo segundo mês seguido, com alta de 1,3%. Mas o índice de expectativas para os próximos meses teve queda de 2,3%, chegando à mínima histórica. Segundo a FGV, a queda “mostra que o setor está desanimado com as perspectivas das vendas no período natalino e pouco confiante na continuidade da tendência, captada nos dois últimos meses, de melhora da demanda”.

Fonte: Portal G1

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *