Coreia do Norte termina participação nos Jogos de PyeongChang sem medalhas

A Coreia do Norte, grande protagonista midiática dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, encerrou sua participação no encontro esportivo sem conquistar nenhuma medalha, após perder a última oportunidade na patinação de velocidade.

Jong Kwang-bom, patinador de velocidade em pista curta e o último dos 22 atletas norte-coreanos que ainda estava em competição, entrou na pista na terça-feira na prova de 500 metros a duras penas após sofrer várias quedas, a última quando se chocou com um atleta japonês, motivo pelo qual foi desqualificado.

Com ele, também terminou a participação da Coreia do Norte em seu nono Jogos de Inverno, depois que o país surpreendeu ao anunciar pouco antes que participaria do evento e após várias reuniões com o Sul para definir os detalhes.

Um total de 22 atletas norte-coreanos se deslocaram até PyeongChang para participar dos Jogos, em um momento histórico no desgelo das relações entre ambas as Coreias, depois que a tensão na península alcançou cotas históricas nos últimos meses.

Entre estes atletas, esteve também um grupo de 12 jogadoras de hóquei sobre gelo, que formaram junto com as companheiras do Sul uma seleção conjunta, que ao final teve três derrotas consecutivas e conseguiu marcar apenas um único gol.

Apesar dos maus resultados, a equipe conjunta coreana foi elogiada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), com um dos seus membros chegando a sugerir que devia ser nomeada ao Prêmio Nobel da Paz.

No entanto, no lado esportivo, os norte-coreanos não tiveram grande sucesso, nem sequer o casal de patinadores Ryom Tae-ok e Kim Ju-sik, os únicos esportistas do Norte que tinham se classificado pelos seus próprios méritos e que compareceram à competição apesar de não terem sido inscritos a tempo.

O casal obteve sua melhor marca pessoal em PyeongChang, mas não foi suficiente para conquista uma medalha e ficou no 13° lugar.

A Coreia do Norte participou de nove Jogos de Inverno e dez de Verão desde 1964, quando estreou em Innsbruck (Áustria).

Desde então, conquistou 54 medalhas nos esportes de verão (16 de ouro, 16 de prata e 22 de bronze), bem como duas medalhas nos de inverno (uma de prata e outra de bronze), sendo o halterofilismo o esporte mais notório, com 17 medalhas.

Fonte: Agência Brasil

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *