MPF denuncia Cerveró por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

O MPF (Ministério Público Federal) denunciou nesta terça-feira (24) o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró e outras duas pessoas pelos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, apurados na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

A Lava Jato investiga um esquema de corrupção bilionário de sobrepreço em obras da Petrobras e que envolveria ex-funcionários da estatal, executivos de empreiteiras e políticos.

“Cerveró é acusado de utilizar o cargo de diretor na estatal para favorecer contratações de empreiteiras mediante o pagamento de propina”, disse o MPF em nota.

Os outros dois denunciados são Fernando Soares, que é apontado pelo MPF como operador financeiro do esquema, e Oscar Algorta, que seria responsável por lavar dinheiro ao adquirir com valores ilícitos uma cobertura de luxo para ocultar a real propriedade atribuída a Cerveró.

Fonte: Uol Notícias

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *