Prefeito recebe embaixador do Equador no Brasil

O prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves recebeu na tarde desta quarta-feira (28) o Embaixador do Equador no Brasil, Horacio Sevilla. A visita de cortesia, que aconteceu no Palácio Felipe Camarão, contou ainda com a presença do Cônsul Honorário do Equador em Fortaleza, Sérgio Bayas. Essa é a primeira vez que o embaixador vem à capital potiguar e segundo ele, a visita tem o objetivo de explorar as possibilidades de ação entre Natal e Equador em diversos setores.

Na ocasião, o chefe do Executivo municipal contou um pouco da história de Natal, principalmente da importância durante a II Guerra Mundial, além das potencialidades turísticas e atividades econômicas da cidade, principalmente o Turismo. Foi discutida ainda a possibilidade de encontrar no Equador alguma ‘cidade-irmã’ – com características semelhantes como por exemplo, clima, cultura – com intuito de realizar parcerias de divulgação dos destinos.

“Estamos abertos para esse tipo de parceria que só colaboram positivamente para a divulgação da nossa cidade no exterior e, consequentemente, a vinda de mais turistas para Natal. Já fazemos esse tipo de trabalho em países como Estados Unidos e França”, afirmou o prefeito
Sevilla aproveitou a visita para convidar o prefeito Carlos Eduardo a participar da Terceira Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável que acontecerá em Quito, em novembro de 2016. “Compreendo a grande importância das prefeituras nos rumos do desenvolvimento urbano. Pois são os prefeitos que estão mais próximos do população, de suas necessidades. E a HABITAT é uma grande oportunidade para discutirmos as questões urbanas”, disse o embaixador.
Ao final do encontro, o prefeito Carlos Eduardo presentou o embaixador Horacio Sevilla com um relógio com sementes da flora nativa da cidade confeccionado por artesãos locais. Por sua vez, Sevilla entregou ao prefeito um autêntico chapéu Panamá.

Fonte: Prefeitura do Natal

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *