Rombo na Petrobras pode ser ainda maior, admite Graça Foster

Graça Foster, presidente da Petrobras, se posicionou sobre o balanço do terceiro trimestre, que saiu com mais de dois meses de atraso.

Graça disse que as perdas com o esquema de corrupção não foram incluídas no documento porque essa não é uma equação trivial, já que fraude não passa pelos registros contábeis da empresa, e admitiu que o rombo pode ser maior que o estimado.

Aos investidores, em teleconferência, a presidente disse que as perdas com corrupção podem ser ainda maiores. “Se tivermos mais depoimentos em que surjam outras empresas, nós temos que buscar abrir mais esse número. Esse número cresce”, disse.

Questionado, o diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, admitiu a possibilidade de não pagar dividendos, a parte dos lucros da empresa distribuída entre os acionistas.

“Existem alternativas de, não tendo lucro, naturalmente, não declarar dividendos. Tendo lucro, eu posso declarar dividendos e não pagar, pedir um prazo além do usual ou jogar para o próximo ano”.

Para Graça Foster, a ordem é economizar reduzindo investimentos e desacelerando o ritmo de obras tanto no complexo petroquímico do Rio de Janeiro como na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Ela afirmou ainda que vai manter os preços dos combustíveis acima dos praticados no exterior.

“Alguma gasolina, algum diesel vai entrar no Brasil através de outras distribuidoras, mas ainda assim é extremamente importante para o caixa da companhia e, principalmente neste ano de 2015, 2016, que a gente tenha essa diferença a favor do caixa da Petrobras”, reforça.

Fonte: Portal G1 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *