Terremotos na Papua Nova Guiné deixam pelo menos 31 mortos e 300 feridos

Pelo menos 31 pessoas morreram na Papua Nova Guiné e cerca de 300 ficaram feridas por causa de avalanches provocadas nessa segunda-feira por vários terremotos, entre eles um de magnitude 7,5. A informação é da Agência EFE.

O administrador da região de Terras Altas, William Bando, afirmou ao jornal local The Post Courier que pelo menos 13 pessoas morreram em Mendi, capital da província das Terras Altas, e 18 nos distritos de Kutuku e Bosave.

Um equipe do governo sobrevoará hoje a região para vertificar melhor o impacto do desastre natural.

Nas zonas mais afetadas, o serviço de energia elétrica e as comunicações telefônicas não estão disponíveis e também houve danos consideráveis nas propriedades e infraestrutura.

A polícia adverte que até 400 mil pessoas de quatro províncias foram afetadas pelo terremoto, que surpreendeu a região na madrugada de ontem.

O terremoto de 7,5 graus de magnitude foi registrado a uma profundidade de 35 quilômetros e com epicentro a cerca de 90 quilômetros ao sul de Porgera, na província de Enga, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Após o tremor, ocorreram várias réplicas de magnitude até 6.

O terremoto forçou a paralisação dos trabalhos na mina Ok Tedi e em uma fábrica da ExxonMobil, como medida de precaução, para avaliar os possíveis danos nas instalações.

Fonte: Agência Brasil

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *